post

blogueiras, autoras e escritoras negras dicas de laura astrolábio

Para ler, pensar e repensar.

Laura Atrolábio foi a terceira convidada do ciclo de conversas sobre feminismo, evento que faz parte do projeto Nora – uma pesquisa cênica a partir da personagem Nora do clássico “Casa de Bonecas” do Henrik Ibsen.

Laura é Advogada sindicatária desde 2005, especialista em direito público com ênfase em Direito do Servidor Público Federal. Mulher, feminista, negra interseccional. Colunista no www.imprensafeminista.com , integrante e colaboradora do coletivo www.blogueirasnegras.org . Carioca, aquariana com ascendente em Ságitário e Vênus em peixes desde 1980. Fotógrafa amadora, Bem humorada até o segundo ato.

Ela ampliou o nosso olhar para a questão não só da mulher, mas da mulher negra no Brasil. Nos questionou sobre o que víamos, o que líamos e esse questionamento inspirou essa publicação. Colocaremos aqui indicações de mulheres negras autoras, escritoras blogueiras como Laura que abordam esse tema e pensam essa questão. É importante percebermos que o feminismo é composto por várias correntes, várias vozes, várias mulheres, não é um bloco que chapa mulheres em Mulher. Por isso é importante ler, ouvir, conhecer histórias de diferentes mulheres, de diferentes etnias e culturas diversas. O feminismo branco, como é chamado, seria a corrente “mainstream”, foi o movimento que levantou as primeiras questões e agendas colocadas como propostas de mudança para uma maior igualdade entre homens e mulheres. Mas como já mencionamos, são muitas mulheres, então mesmo as brancas não podem e não compõe um olhar único sobre problemas de gênero. Até porque classe social também é mais uma camada que diferencia as questões de uma mulher para outra. Enfim… como já devem estar percebendo, é bem complexo e múltiplo – Graças a deus!!! Então quanto mais empatia tivermos umas pelas outras, quanto mais nos interessarmos por um outro olhar que não o nosso, mais rico isso tudo fica, e mais nos sentiremos ouvidas. Por isso a alegria desse post, em levar adiante uma lista linda, com diferentes vozes e olhares sobre ser mulher e negra.

Mais uma vez, obrigada Laura!!! E se gostarem agradeçam a ela também! :)

Blogueiras:

Laura Astrolabiowww.imprensafeminista.com e www.blogueirasnegras.org

Claudete Alves – Autora do livro Negros: o Brasil nos deve milhões e da tese de doutorado: A solidão da mulher negra: sua subjetividade e seu preterimento pelo homem negro na cidade de São Paulo. Vocês também podem conhecer um pouco mais através da entrevista de Claudete concedida ao blog Think Olga – http://thinkolga.com/2015/12/14/claudete-alves-e-a-solidao-que-nao-e-so-dela/

Djamila Ribeiro – Diversos textos no blog “Lugar de mulher” – http://lugardemulher.com.br/author/djamila/ e colunista na Carta Capital – http://www.cartacapital.com.br/colunistas/djamila-ribeiro

Sthefani Ribeiro – Faz parte do coletivo blogueiras negras do qual Laura Astrolabio também faz parte – http://blogueirasnegras.org/author/stephanie/

Beatriz Caixeta – Criadora da página do facebook “Turbante, Minha Coroa” https://www.facebook.com/turbanteminhacoroa/ e possui um canal no youtube.

 

Joice Berth – Escreve para o blog justificando.com e tem textos para o blog Geledés.

JOICE BERTH

http://justificando.com/2015/10/09/onde-voce-esconde-seu-racismo-porta-dos-fundos-e-o-token-nosso-de-cada-dia/

Yasmim Thayná – tem uma coluna no site el país: http://www.brasilpost.com.br/yasmin-thayna/

Autoras de livros negras:

Audre Lorde – The First Cities; Cables to Rage; From a Land Where Other People Live; New York Head Shop and Museum; Coal; Between Our Selves; The Black Unicorn; The Cancer Journals; Uses of the Erotic: the erotic as power; Chosen Poems: Old and New; Zami: A New Spelling of My Name; Sister Outsider: essays and speeches; Our Dead Behind Us;  A Burst of Light; The Marvelous Arithmetics of Distance.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Lélia Gonzalez – Lugar de negro; Retratos do Brasil Negro.

 

Livro-Lugar-de-Negro-1982Capa_do_Livro_Lelia_Gonzalez

 

Carolina Maria de Jesus – Quarto de despejo.

 

quarto do desejo - carolina maria de jesus

 

Conceição Evaristo – Insubmissa lagrimas de mulheres; Poncia Vicencio; Becos da Memória; Poemas Recordação e outros movimentos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Chimamanda Ngozi Adichie – Meio Sol Amarelo; A cor do Hibisco; Sejamos todas feministas; Americanah; A coisa a volta do teu pescoço; Hibisco Roxo.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Bell Hooks – Bone Blacke: Memories of girlhood; Teaching Community: A pedagogy of hope; Salvation: Black people and love; Ain’t A Woman; Feminism is for Everybody: Passionate Polities;

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Angela Yvonne Davis – A democracia da Abolição.

 

Livro---A-Democracia-da-Abolicao--Para-Alem-do-Imperio-das-Prisoes-e-da-Tortura_0

 

Laura Astrolabio em sua página no facebook indicou também filmes com protagonismo negro. Como mostra o print abaixo, dos filmes indicado por laura nos só não encontramos o “Amor por acaso” e Good Hair no netflix.

Captura de Tela 2016-03-15 às 10.29.42

 

Cartaz dos filmes para ajudar vocês a encontra-los!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

E quem tiver mais dicas e sugestões compartilha aqui com a gente, seria lindo uma lista bem grandona pra gente guardar e compartilhar mais adiante! 

Leia Mais